Inicialmente não vi muita vantagem no esquema de URLs que o Launch Center Pro (LCP) é referência, no entanto, poucas combinações o tornaram indispensável em minha rotina!

Futuramente detalharei (talvez em vídeo) as funcionalidades que se adaptaram ao meu fluxo.

Por enquanto, registro a lista compilada que me auxiliou nesta jornada:

http://www.macstories.net/tutorials/launch-center-pro-guide/

http://www.bachyaproductions.com/ios-url-actions-the-up-to-date-guide/#lcp

http://www.bachyaproductions.com/how-optimized-iphone-launch-center-pro/

http://www.macstories.net/roundups/my-launch-center-pro-setup/

http://www.reddit.com/r/apple/comments/2m9qu4/launch_center_pro_ideas_suggestions_actions/

http://www.lifehack.org/articles/technology/7-launch-center-hacks-to-save-time-on-your-iphone.html

https://boardgamegeek.com/thread/1187097/fun-ios-automation-launch-center-pro-drafts-python

Para fazer push de um repositório local para o Bitbucket pela primeira vez, não esqueça de:

1) Iniciar o reposiório no diretório desejado:
> git init

2) Adicionar todos os arquivos:
> git add .

3) “Comitar”:
> git commit -m "versão inicial"

4) Fazer o push propriamente dito:
> git push --set-upstream origin master
(o comando acima é necessário apenas da primeira vez, caso contrário receberá o seguinte erro:
Perhaps you should specify a branch such as ‘master’.)

4.1) Se mesmo assim tiver algum problema, tente:
> git push --all

1) Remover todo o histórico localmente:
> rm -rf .git

2) Reconstruir o repositório:
> git init
> git add .
> git commit -m "Commit inicial"

3) Fazer push para o GitHub/Bitbucket:
> git remote add origin
> git push -u --force origin master

Onde trabalho, utilizamos Forefront TMG e por mais “liberações” que eu faça, HTTPS sempre às vezes é um problema! Desta forma, não conseguiria acessar meus repositórios do Bitbucket da maneira usual.

Então, para habilitar a sincronização via SSH:

1) Gere uma chave no diretório /Users/usuario/.ssh
> ssh-keygen

2) Confirme se os 2 arquivos foram gerados – chave pública e chave privada:
> ls ~/.ssh
id_rsa id_rsa.pub

3) Crie um arquivo de configuração – ~/.ssh/config :
Host bitbucket.org
IdentityFile ~/.ssh/id_rsa

4) Edite o arquivo ~/.bashrc :
SSH_ENV=$HOME/.ssh/environment

# start the ssh-agent
function start_agent {
echo "Initializing new SSH agent..."
# spawn ssh-agent
/usr/bin/ssh-agent | sed 's/^echo/#echo/' > "${SSH_ENV}"
echo succeeded
chmod 600 "${SSH_ENV}"
. "${SSH_ENV}" > /dev/null
/usr/bin/ssh-add
}

if [ -f "${SSH_ENV}" ]; then
. "${SSH_ENV}" > /dev/null
ps -ef | grep ${SSH_AGENT_PID} | grep ssh-agent$ > /dev/null || {
start_agent;
}
else
start_agent;
fi

5) Feche e abra novamente o GitBash (vai pedir a senha da chave, a primeira vez)

6) Verifique se a chave está sendo identificada pelo agente SSH:
> ssh-add -l

7) Instale a chave no Bitbucket:
Conta > SSH Keys > Add Deployment Key (~/.ssh/id_rsa.pub)

8) Teste a configuração:
> ssh -T git@bitbucket.org

9) Configure o repositório Git, alterando o HTTPS para SSH:
[remote "origin"]
fetch = +refs/heads/*:refs/remotes/origin/*
url = https://conta@bitbucket.org/conta/repositorio.git

referência

Se você já fez o push dos arquivos e após adicioná-los ao .gitignore eles continuam lá, basta executar:
> git rm --cached (-r se for um diretório inteiro)

Se quiser remover os arquivos de todas as versões anteriores:
> git filter-branch --index-filter 'git rm --cached ' HEAD

referência

Tenho uma conta no Bitbucket (meu repositório principal) e queria fazer uma cópia em outro servidor remoto (OpenShift).

Como também tenho uma cópia local (Windows), precisei ajustar o mesmo repositório para ambos, da seguinte forma:

0) Caso não tivesse a cópia local, teria que clonar do Bitbucket primeiro:
> mkdir repo
> cd repo
> git clone git@bitbucket.org:conta/repositorio.git ./

1) Adicionei uma segunda conta ao repositório local do Git:
> git remote add nome-da-segunda-conta user@server:/path/to/git/repositorio.git
> git push nome-da-segunda-conta master:master

como o repositório remoto não estava vazio, tive que forçar com o comando:
> git push nome-da-segunda-conta master --force (ou simplesmente -f)

2) Para evitar ter que fazer um push para cada servidor remoto, adicionei ao .git/config do repositório local:
[remote "all"]
url = git@bitbucket.org:conta/repositorio.git
url = user@server:/path/to/git/repositorio.git

3) Agora, toda vez que preciso fazer um push, utilizo o comando:
> git push all

referência

Se não existir, crie o arquivo:
C:Usersusuario.sshconfig

Host server1.exemplo.com
IdentityFile ~/.ssh/id_rsa1
Host server2.exemplo.com
IdentityFile ~/.ssh/id_rsa2

Para adicionar no repositório Git:
> git remote add server1 conta1:repositorio.git
> git remote add server2 conta2:repositorio.git

E então:
> git push server1 master
> git push server2 master

Para listar todos os processos ativos e suas respectivas portas, no Windows:

> netstat -a -b